sábado, 1 de novembro de 2008

O cego dos óculos.

O Caio Júnior não foi capaz de enxergar, hoje, a derrota que se desenhou bem diante de seus óculos durante todo o jogo. O gol logo aos cinco minutos deixou o técnico do Flamengo ainda mais cego para o que acontecia em campo. O belo arremate de Fábio Luciano foi, a rigor, o único lance de ataque do Flamengo, que recuou e deu campo à Portuguesa depois de abrir o placar e foi pressionado por esta pelos 40 minutos seguintes, quando Preto, Jonas e sobretudo Athirson, envolveram a zaga rubro-negra com extrema facilidade. Todos os movimentos da Lusa começavam e terminavam nos pés do ex-quase-ídolo do time carioca. Foram dele as duas melhores chances de empate no primeiro tempo.

Eis que vem o intervalo e Caio Júnior, que nunca substitui no intervalo, surpreende e volta com Fierro no lugar de Kléberson. Mas simplesmente ignora qualquer atenção especial a Athirson, que inicia a jogada do gol de empate e marca - de cabeça, numa falha grotesca de marcação de Léo Moura - o gol da virada.

E Caio Júnior ali, na beira do campo.

* * *

A verdade é que o bicampeão carioca, que chegou com moral para esse campeonato, teve três momentos distintos nele.

O bom início, quando o time jogou bem, começava a se acertar e abrir vantagem na liderança.

As semanas da janela, quando saíram Marcinho, Souza, Renato Augusto e mais seis jogadores; outros nove chegaram, mas demoraram mais que o devido.

A lenta recuperação, quando chegou a estar a apenas um ponto do líder, mesmo jogando muito mais vezes mal que bem.

Foi nesse terceiro momento que Caio Júnior, nosso Homem Flúido, se perdeu. Se perdeu porque não teve coragem de tentar sair da mesmice. Se perdeu porque mesmo depois de passar a ter boas peças, como Éverton, Fierro e Sambueza, que nunca tiveram seqüência, deu preferência a jogadores como Jaílton, Toró e Kléberson.

Eu até acho que o Jaílton tem jogado bem nas últimas três partidas. Mas Jaílton e Toró não podem ser titulares do Flamengo.

E Kléberson, que parece ter muita moral com o técnico, não pode ser o homem mais avançado do meio-campo.

Mesmo com Caio Júnior também mantendo Jaílton no time, de fato como um terceiro zagueiro, ainda assim o Flamengo poderia ter um meio-campo com Ibson (na sua real posição, onde tem jogado Toró), Fierro (fazendo um-dois com o Léo Moura pela direita) e Éverton (pela esquerda com Juan). Na frente, Marcelinho, que poderia cair pelos dois lados, para fechar as triangulações, e um homem de área (qualquer um, todos são fracos).

E Caio teria um banco com opções como Sambueza, Kléberson, Toró, Joziel, Vandinho...

Ou você aposta no talento e tenta se destacar no meio da mesmice ou você aposta na mesmice e começa a fazer parte dela.

Por isso, cá entre nós, não há diferença alguma entre esse dito promissor técnico jovem e os outros que estão aí, há anos, fazendo a mesma coisa e escalando quem não sabe jogar bola.

* * *

Não tem ninguém morto. O Ipatinga, lanterna, ficou a três pontinhos de sair da zona. Náutico e Portuguesa foram a 36. E o Fluminense, se perder amanhã, volta a ficar entre os quatro últimos.

"Ah, mas tem os três pontos do Figueirense", dirão alguns.

Foi por conta dessa soberba que o time perdeu pra LDU e está onde está agora.

Não tem ninguém morto.

7 comentários:

Bolinho disse...

meu filho, o asco tá morto sim...morto e enterrado, nem eurico livra eles da segudona esse ano...

E para nós restou lutar - e rezar - por uma vaga na Libertadores que, diante do cenário atual, tábom demais!

arf!

renato disse...

estou a olhar a televisão enquanto atlético e botafogo duelam. escanteio para o botafogo, que jorge henrique vai bater. a câmera fecha nele. e o que o bulldog francês está fazendo? está mirando a área, concentrado e genial, como quem estuda a melhor opção para o passe. um zidane. corte para a cobrança banal, que não dá em nada. pra que a pose?

Edu Mendonça disse...

Piores são os que eles chamam de "professores" fazendo pose. Se portam diante de um microfone como verdadeiros catedráticos da bola e não conseguem enxergar uma palmo à sua frente. E, pior ainda, quando o "professor" é um ex-Jorge Henrique da vida, que pendurou as chuteiras e decidiu virar técnico. Eu sou de opinião de que muito, mas muito mesmo, do que vemos de ruim no nosso futebol pode e deve ser posto na conta deles.

ps: Na minha opinião, só o Ipatinga está morto.

Camilo disse...

Urubus à parte...
O Botafogo está sendo prejudicado pela arbitragem e merece tudo isso. Nos fazemos de coitados... pois assim seremos. Se eu sou o presidente do Botafogo, vendo os 20% dos ingressos para a Gávea e queimo o resto. Ficariam 14 mil populares gritando: "Vâmu sê campeão, vamû flamengo!"
O que acontecerá neste domingo, é sintoma, causa e efeito de toda essa sujeira q rola com a bola por aqui.

Edu Mendonça disse...

Tô achando você com muito ódio e mágoa no coração pra falar sobre o Botafogo ou o jogo de domingo... Prefiro te dar os parabéns por ter saído daquele cafofo da programação, fiquei feliz com a notícia. E, mudando de novo de assunto, viu que o Iverson foi pros Pistons?

Camilo disse...

Valeu, tô feliz tb. po, esse lance do Iverson só to vendo agora no site da nba. acho q o Denver saiu ganhando, eu gosto do Billups.
e sobre o jogo de domingo, realmente: pegaram uma birra pessoal contra o bebeto e estao sacaneando um clube inteiro. abraço!

Edu Mendonça disse...

A motivação do Detroit foi grana. O Billups ainda tem quatro anos de contrato, totalizando 50 milhões de dólares. O McDyess, que foi junto com ele, dois anos a seis milhões/ano. O Iverson, por sua vez, está no último ano do atual contrato, que lhe paga 20 milhões por temporada. Ou seja, os Pistons trocaram uma dívida de 62 milhões por uma de 20, pra em 2010 poderem ir atrás de um Lebron, um Wade e, principalmente, do Chris Bosh, que eles querem. Pro Denver faz todo sentido, porque Iverson-Carmelo nunca funcionou e o Billups passa muito mais a bola e chuta muito melhor de fora que o baixinho invocado, que vai virar ídolo rapidinho em Detroit pela forma apaixonada como joga. Sou fã do Iverson. Botafogo? Vamos falar do Botafogo depois do jogo de domingo...