segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

O Pequeno Príncipe

Nem adianta entrar no mérito da derrota. Falar de como Léo e Juan insistem em afunilar em vez de abrir, de como Cuca segue não sabendo mexer, principalmente sob pressão - tirar Zé, que se mexe, em vez do Obina, foi erro crasso - ou mesmo de como Fábio Luciano, apesar de toda fama, voltou a ser expulso por reclamação seguida de xingamento - e capitão do time nunca deve ser expulso por reclamação ou xingamento.

Basta falar, em vez disso, sobre como foi essa segunda-feira na Gávea para entendermos como o Flamengo perdeu feio para o Resende no sábado.

Primeiro, o dirigente que cuida do futebol do clube reúne a todos, jogadores e comissão técnica, no meio do campo, na frente da imprensa, para cobrar empenho e resultados - dos jogadores a quem ele faz promessas de pagamento de salários atrasados dia após dia.

Não é preciso viver dentro do mundo do futebol para imaginar como esses jogadores reagiram à cobrança de Kléber Leite. Imagine-se recebendo um esporro público de seu patrão - só que ele não te paga salário em dia jamais e te deve dois meses, entre outros valores.

Aí depois disso, treino - afinal, o time jogou sábado. Hoje, dois dias depois, natural que se treine. Mas sabe como é, né? Carvanal, jogador de futebol... eis que, depois da ordem do preparador físico Riva Carli para uma corridinha de quarenta minutos (coisa normal até pra mim, que não sou atleta profissional), o Juan sai-se com essa:

"- Quarenta minutos? Está de brincadeira. Não fode."


É sério. O vídeo, furo muito bom de Clícia Oliveira para o globoesporte.com, está aqui.

O preparador físico não faz nada, mesmo tendo ouvido Juan em alto e bom som. O técnico Cuca, por sua vez, muito menos:

"- O Juan disse que, para quem jogou, 40 minutos seria um pouco demais, o Jônatas também. Mas tem que trabalhar, não é hora de questionar nada. Essa é a única solução em um momento adverso. Trabalhamos bem e tem que ser assim toda a semana."


Ah, sim, já ía esquecendo - depois de vinte minutos de corrida, Juan saiu do treino, em dar explicações. Multa? Ninguém tocou no assunto.

3 comentários:

renato disse...

perfeito. e também reclamou o jônatas, aquela mistura de zidane e riquelme, o maestro que o time espera desde que o júnior parou. daqui do outro lado da arquibancada, começo a achar que talvez não tenha chegado a hora de o flamengo nos superar em títulos cariocas. talvez. porque no início havia muita energia rubro-negra concentrada em resolver logo esse assunto, e pode ser que essa energia ainda esteja por aí à espera de um momento em que as coisas se encaixem. mas a foto do jônatas, hoje no globo, me deixou tranquilo.

Edu Mendonça disse...

Hmmm... não acho que o Flamengo deva se preocupar com essa corrida com o Flu chamada campeonato carioca. É legal ser campeão? Sim, claro. Podemos ser tri. Mas nas duas últimas temporadas, serviu apenas como névoa na frente do espelho. E como no ano passado o que movimentou a paixão da torcida foi correr na frente no brasileiro, acredito que essa tenha que ser a meta para 2009. O carioca serviria como apronto. Mas... num clube em que o Juan é multado por indisciplina em 10% de algo que não recebe... começo a acreditar que 09 não será tão empolgante quanto 08.

renato disse...

é verdade. e com o fluminense aconteceu aquilo que a gente já falou. perder daquele jeito a libertadores, tendo chegado a "ganhá-la", foi perder o que seria novo (a libertadores) e também o que já é velho (cariocas, fla-flus etc), que ficou sem graça. é, foda-se o carioca. mas vou ao jogo. com meu filho botafoguense. nas brancas. ver um jogo.