sábado, 14 de março de 2009

Até Quando?

Sério, até quando vamos ter que ver os nomes de Doni, Luisão, Gilberto Silva, Josué, Felipe Mello e Adriano na lista de Dunga? Por que somos obrigados a sofrer por conta de seus conceitos quase militarmente burros de hierarquia, lealdade e sei lá mais quais valores interessam mais ao técnico da seleção que o talento.

Doni NÃO É o reserva ideal para Júlio. Dá pra imaginar o goleiro da Inter se lesionando num jogo de estréia da Copa e o reserva assumindo o posto pelo restante do torneio? Doni não passa segurança. Dunga poderia apostar na experiência de Rogério Ceni, pra mim um reserva perfeito pois saberia perfeitamente da sua condição de reserva sem, no entanto, ser um centímetro menos profissional por isso.

Mas não.

E Luisão? Luisão faz sucesso onde? Em Portugal. Bem, Luisão é titular do Benfica. Ah, tá. Tendo Lúcio e Juan como seus homens de confiança e Thiago Silva se imposto opção imediata, por que Dunga não prepara logo a zaga para o futuro, dando jogo não só a Miranda, agora convocado, como também a Breno, Alex Silva ou André Dias? É a mesma situação - dá pra ficar tranquilo com a possibilidade de Luisão jogar uma Copa como titular? E com Lúcio e Juan, a possibilidade de uma lesão é muito maior que no caso de Júlio César.

Gilberto Silva, Josué e Felipe Mello são três erros, cada um por motivo diferente. Gilberto já foi bola - e não foi pouca - mas hoje lhe faltam o vigor e a velocidade que fizeram dele titular de um dos maiores times da história do Arsenal. Gilberto joga na Grécia. E lá, mesmo lá, está longe, muito longe de estar comendo a bola. Mas pra Dunga, antiguidade é posto, nome é posto, história é posto... assim como no caso de Josué, que não tem antiguidade nem nome nem história como Gilberto, lealdade é posto. Lealdade ao técnico que lhe deu chances. Porque ninguém nem ouve falar de Josué na Alemanha. E olha que Josué joga no Wolfsburg, que neste momento é o terceiro colocado na Bundesliga. Felipe Mello é um caso mais fácil de explicar. Felipe Mello é o novo Josué. Titular da Fiorentina. Uau...

Enquanto isso, ficam a ver navios Hernanes, Alex e Ramires.

Assim como ficam fora Denílson, do Arsenal, e Fábio Aurélio, do Liverpool, que Dunga insiste em não experimentar. Prefere dar chance ao Felipe Mello. E parece ter desistido, erradamente, de Diego. Inexplicável.

Tanto quanto insistir em Adriano nesse momento. Enquanto Keirrisson e Nilmar seguem de fora.

E não vou nem falar de Ronaldinho Gaúcho, que há tempos não merece ser convocado. Mas a política do técnico, para o caso, foi um pequeno puxão de orelhas, apenas. Pois depois do breve castigo, voltou a chamá-lo quando ele ainda não jogava bem.

Pra mim, para reencontrar a bola, o dentuço tinha que perder a vaga na seleção. Talvez, tendo o retorno como objetivo, deixasse de ser alvo das reclamações de Ancelotti. Reclamações por falta de empenho, diga-se.

* * *

Será que um técnico como Muricy bancaria essa lista pra uma Copa?

GOLEIROS - Júlio, Ceni e Victor.
LATERAIS - Diego Alves, Rafael, Marcelo e Fábio Aurélio
ZAGUEIROS - Juan, Thiago Silva, Breno e Alex Dias
MEIAS - Lucas, Anderson, Ramires, Hernanes, Elano, Kaká e Diego
ATACANTES - Robinho, Luis Fabiano, Pato, Nilmar e Keirrison.

Se os Ronaldinhos voltarem a jogar, arrumo vaga pra eles nesse grupo.

Mas duvido.

* * *

Enquanto isso, por aqui pelo nosso quintal, Flamengo e Tigres do Brasil empataram por um a um no Maracanã. Isso num jogo em que o rubro-negro perdeu uma dezena de gols e o adversário marcou numa (mais uma) falha de Bruno.

Aí Cuca manda essa na coletiva:

"Olha, nós fizemos de tudo. Primeiro tentamos com Zé e Josiel, depois com Josiel e Obina, depois Maxi e Obina, com Zé mais atrás. Tentamos o Léo pelo meio, depois ele caindo mais pela direita. Tentamos de tudo, todas as variações possívels. O problema hoje foi o nosso baixo nível técnico."


Não é o tipo de declaração que faz jogadores de futebol gostarem de seu técnico.

Ou se empenharem por ele.

4 comentários:

Camilo disse...

Aí voce pediu pra ser polemico... hehehe. Elano nao, aliás, nunca.

Ramires e Hernanes são obrigatórios, assim como a experimentaçao óbvia de Nilmar e Keirrison.

O Lúcio, além de titular, é um dos meus líderes no grupo.

Eu tentaria o Alex canhoto ex-inter, e chamaria o R. Gaúcho pra uma conversa séria.

E aí concordemos com alguns pontos: Doni, jamais. Felipe Melo, idem, e seria de bom tom para uma seleçao brasileira convocar cinco e nao quatro atacantes.

Edu Mendonça disse...

Ah, eu gosto do Elano. Mas ele é como outros ali que não são unanimidade - Anderson e Lucas, por exemplo (o segundo, o Dunga não chama há um tempão).

E o Alex pode mesmo entrar no lugar de um dos dois, mas se não era convocado quando sobrava aqui, agora que foi pras Arábias é que não vai ser mais (escolheu o caminho Rafael Sóbis).

Kaká se machucou de novo hoje. Vamos ver quem ele vai chamar...

renato disse...

é essa coisinha de "família", de "grupo", e não sei mais o quê. você pode até dar um desconto: a seleção não treina; se concentra em aeroporto e se entrosa em hotel. tudo bem. mas não é por isso que o dunga (e o evangélico que o assessora) mantém quem não pode estar lá. é por cagaço, porque não se garante, porque nesses aí ele se protege. não adianta: joão saldanha morreu.

Edu Mendonça disse...

Mas o Muricy tá vivo...