quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Era do 10 (e um feliz ano novo)

Depois da saída dos campos pela porta dos fundos - flagrado em dois exames antidoping, em 91 e 94 - Maradona foi técnico, apresentador de programa de tv, comentarista de tv e jogador de showbol. Foi preso por consumo de cocaína, ficou internado em Cuba, chegou a ter a vida em risco por conta dos problemas decorrentes do vício e do excesso de peso.

Maradona foi o maior que vi jogar, ao lado de Zico.

Agora don Diego é o novo técnico da seleção argentina.

Seria uma vingança movida a pragas tupiniquins, por conta da cruz chamada Dunga que temos carregado?

Como será o técnico Maradona? Disciplinador ou paizão? Ofensivo ou retranqueiro? Como vai lidar com Agüero, seu genro? E com Messi, seu craque? E com Tévez?

Serão tempos divertidos esses que se aproximam no futebol argentino.

* * *

Hoje é dia de Cruzeiro, Flamengo e São Paulo baterem o pau na mesa - ou vencem ou mostram que não estão na briga pelo título da mesma forma que o Grêmio, que nos momentos de pressão até aqui, na maioria das vezes, venceu.

Para o Palmeiras, então, nem se fala - jogando em casa e depois do tropeço no Rio, tem a obrigação de vencer não somente para continuar na briga como também para aplacar a ira de sua torcida.

A noite promete.

* * *

E ainda tem outra atração - Spurs x Suns, na primeira transmissão da temporada 2008/2009 da NBA na tv brasileira (22h30, ESPN Brasil); ontem o Chicago estreou com vitória sobre o Milwaukee e Derrick Rose, em seu debut profissional, anotou 11 pontos e nove assistências.

Feliz ano novo a todos, 2008 finalmente começou.

4 comentários:

renato disse...

no botafogo x são paulo, o flamengo ganha de qualquer maneira. com vitória do botafogo, o são paulo pára na tabela. com vitória do são paulo, o botafogo vai de pau mole pro clássico. marcado para o maracanã. todos os argumentos à parte, sobra o seguinte: ao tirar o jogo do engenhão, o estado está dizendo: "não consigo fazer cumprir a regra." brasil-sil-sil...

Edu Mendonça disse...

Mas a proposta do Engenhão sempre foi abrigar os jogos que não fossem do porte do Maracanã... não faz sentido, nas atuais circunstâncias, ter um Bota x Fla lá, em vez de num Maraca com casa lotada (pra pagar salários atrasados de ambos). É falta de visão da diretoria botafoguense e também de memória (se a torcida do Flu fez o que fez lá, imagine a do Flamengo).

Felberg disse...

Ótimo blog, Edu. Visitarei com frequência. Até pra saber da NBA, que eu fui me desinteressando aos poucos ...
E como "aqui é como botequim", traz um chopp, por favor !!!

Edu Mendonça disse...

Serve um Domecq? Aqui é boteco pé-sujo, só na garrafa (depois que o Maraca passou a não ter mais cerveja e Coca-Cola, tudo é possível). Abração, camarada.