segunda-feira, 27 de julho de 2009

Ser Rubro-Negro é...

"Quis o destino que fosse eu. Muitos queriam estar aqui dirigindo este time fabuloso que é o Flamengo. Sinto orgulho disso. Era o milésimo jogo da história do clube no Brasileiro. Isso é importantíssimo. Eles entenderam e foram brilhantes. Em 50 anos vão lembrar este jogo. Quero dedicar ao Zé Carlos, um amigo que não está mais aqui."

5 comentários:

renato disse...

cara, sabe que o calazans acertou na mosca? elegância tem o andrade; terno e gravata não podem fazer nada pelo luxemburgo. lembrei de uma frase que li sobre o nick drake: "a primeira coisa que você notava nele era a incrível elegância. só depois é que você descobria que o casaco e o sapato estavam furados."

sobre o braseiro, tranquilo. me diz o novo dia. esta semana ainda estou de férias.

Edu Mendonça disse...

Pois é, o Andrade, com seu agasalho olympikus e sua fala de tromba, fez bem mais gente que o Calazans chorar ontem.

E os dirigentes da Gávea já descartaram a possibilidade dele continuar...

Bolinho disse...

foi a imagem da semana, do mês! Deviam botar o Juan trancado em uma sala vendo 100 vezes essa entrevista pra ele entender de vez o que o Flamengo!

Edu Mendonça disse...

Ainda assim ele não entenderia...

lucas disse...

po apenas tenho a dizer Flamengo é:
Raça, Amor e Paixão.